Oportunidades e metas de negócios em 2020

Planeje e proteja seu empreendimento

Iniciamos mais um ano e as notícias para os empresários parecem otimistas. Ainda que o cenário internacional reflita na economia brasileira e que a burocracia atrase o desenvolvimento de novos negócios no País, existe uma previsão de crescimento de ao menos 2% no mercado financeiro e continuidade no fomento de startups focadas em serviços, por exemplo.

Para os pequenos empreendedores que buscam se preparar para abrir um novo negócio ou ajustar o gerenciamento da empresa, preparamos algumas dicas para turbinar os negócios este ano. Veja:

Áreas de negócios em crescimento

Os especialistas preveem crescimento ao longo do ano de 2020 no ecossistema das empresas que atendem demandas inexploradas ao mercado.

Especialmente os serviços de compra por aplicativos foram negócios que receberam mais aportes em 2019. Esse crescimento se dá pela confiança conquistada pelas marcas que reúnem diversas opções de produtos e entrega segura.

É uma tendência que além do varejo, startups de serviços financeiros continuem a crescer no Brasil. Inclusive, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) alterou as regras de políticas contra lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo, adequando nosso mercado aos modelos internacionais, mas principalmente aos riscos de fraudes eminentes da tecnologia para permitir que esse mercado aqueça de maneira mais segura.

Espera-se também que empresas de armazenamento em nuvem e inteligência artificial recebam maior destaque em 2020.

Proteção dos dados dos clientes

Tanto a Lei Geral de Proteção de Dados pessoais está para entrar em vigor (agosto) quanto a Autoridade Nacional de Proteção de Dados está para ser criada. Por isso, se ainda não iniciou a adequação da sua empresa, fique atento aos gatilhos de riscos de vazamento de dados e uso inadequado.

Criação de novos cargos

Conforme a tecnologia avança, e já que abordamos a LGPD, é preciso ficar atento às novas exigências que criam oportunidades. Chief Trust Officer ou Data Protection Officer são exemplos de profissionais dos quais serão demandados alto nível especialização técnica, responsabilidade ética e inteligência empresarial.

Ter um profissional que oriente o processamento e uso de dados nas empresas será chave para cumprir com a legislação e ficar longe de receber multas altíssimas por infrações com impactos negativos na gestão da marca.

Foco nos problemas

Tenha uma equipe interna de compliance ou assistência terceirizada para prevenção de riscos. Independente da sua área de negócio, conte com um especialista no momento de planejamento das atividades do ano e no decorrer dos projetos para garantir que seu negócio não apenas otimize recursos, mas esteja conforme com todas as normas e jurisdições que envolvem o core business.

Essas foram pequenas dicas para construção de um negócio saudável. Neste novo ano, conte com a equipe Malgueiro Campos para fazer a diferença no mercado!

O que você procura?

Portal Habilita comércio exterior