Termômetro para sua empresa    

Para lidar com a economia em baixa e evitar riscos ao seu negócio, trouxemos aqui alguns pontos de atenção que serão tendência neste 2021. Leia com atenção e use as informações como termômetro para planejar novas ações e saber se o seu negócio já está surfando nessa onda… 

A crise mundial na saúde causada pela pandemia do Covid-19 trouxe uma aceleração no modo de trabalho remoto fazendo-se necessários treinamentos das equipes para o bom uso das tecnologias, tanto em termos de otimização operacional e gerenciamento de tempo, como a respeito da segurança da informação, visto que em muitos casos as equipes home office usam tanto redes privadas quanto abertas, assim como máquinas pessoais e mobiles 

Com a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados datada de setembro do ano passado – uma lei que é bem severa em relação ao Marco Civil da Internet – a preocupação com a privacidade e segurança cibernética passou a ser observada pelos empresários de cujo banco de dados, principal e essencialmente digital, dependem suas operações. 

Mas essa tendência não contempla apenas as grandes empresas e multinacionais. As startups, principalmente, têm desenvolvido soluções criativas combinando automação e preços acessíveis permitindo a médias, pequenas e micro empresas também usufruir de ferramentas online com foco na inteligência empresarial.   

A exemplo disso, os serviços de tecnologia em nuvem e de marketing digital são apenas alguns dos tipos de negócios que deverão sofrer adaptações para garantir privacidade e segurança aos usuários e, consequentemente, a todos os dados coletados e mantidos para seu uso. Nesse sentido, destacamos aqui alguns dos princípios da LGPD: transparência – o usuário deverá receber informações claras sobre o negócio, o serviço, o que será coletado e dar consentimento para tal; necessidade – a empresa que coletar dados pessoais ou dados sensíveis precisa justificar a necessidade dessa coleta para fins de operação; finalidade – toda coleta de dados deverá ser planejada para uma finalidade específica e o consentimento dado pelo usuário para a respectiva finalidade. 

E em se tratando de banco de dados, entre outros fatores de inovação, é esperado para 2021 o uso mais expressivo da Inteligência Artificial. Internet of Behavior (IoB) ou Internet do Comportamento, trabalhos de monitoramento e análise de dados sobre o comportamento dos usuários, como também estudo de riscos para a eficiência operacional nas organizações.  

Estamos falando do crescimento de departamentos e profissões que não são necessariamente de T.I., mas que estão desenvolvendo ações e soluções empresariais baseadas em dados para atender demandas do mercado e encontrar saídas oportunidades em meio à crise. 

Visto isso, 2021 deverá apresentar novas profissões e adequações nos tradicionais departamentos de planejamento empresarial, focando em análise de dados, segurança e tecnologia. 

E a sua empresa,  o que tem preparado para este novo ano? 

Start typing and press Enter to search

marco-legal-das-startupsNova Lei de Falências entra em vigor em janeiro de 2021